segunda-feira, 27 de abril de 2015

O QUE DIRIA JACOB SOBRE A TRAGÉDIA EM GAZA? Texto e ensaio poético sobre fotografias do conflito.

por Ubirajara Rodrigues

Enfatizando os conflitos desfechados na Faixa de Gaza, desenvolvi uma pesquisa fotográfica na Internet, e, captei algumas imagens interessantes, que muito bem tentam mostrar o terror proporcionado por esse estado de coisa lastimável mantenedor de feridas abertas. Inspirado nessas imagens produzi 21poesias.
Quando as raízes motivadoras desse ódio recíproco entre israelitas e palestinos prosseguirão evoluindo em caules ramificados de menos terror e dor? O que diria o patriarca Jacob se presenciasse esta tragédia? Sabe-se que Jacob gerou dozefilhos (Rúben, Simeão, Levi, Judá, , Naftali, Gade, Aser, Issacar, Zebulom, José e Benjamim), cujos descendentes formaram as doze tribos de Israel, as quais ocupavam na Palestina territórios bem delimitados. Entretanto por volta de sete séculos antes da era cristã, os reis assírios Teglathphalasar III(745-27) e Salmanasar V venceram Israel, deportando para a Babilônia todos os seus habitantes sobreviventes ao sangrento ataque. O segundo Livro dos Reis conta que foram levados para territórios longínquos do reino assírio.
Com o advento do século 20 (calendário gregoriano), a manutenção da esperança judaica de reconstruir a sua pátria, encontra eco com a potência britânica propondo em 1939 a criação de um só estado para árabes e judeus, Se bem que "A ideia de criação de um Estado judaico vem já do séc. XIX do movimento sionista e foi apresentada pela primeira vez por Theodor Herzl no Congresso Sionista de Basileia".
A verdade é que desde a sua expulsão no sétimo século antes da era cristã, passando pela sua reinserção territorial em 1948, tem-se a impressão que os judeus ainda não encontraram a 
"Terra Prometida". Isso tem gerado muito derramamento de sangue e insegurança mundial. Até quando?




























SUPERAÇÃO: Homem cortado ao meio por caminhão sobrevive; MENSAGEM DE ANASTÁCIA REFLETE E ORA NA CORRENTE DE PENSAMENTOS POSITIVOS 

Nenhum comentário:

Postar um comentário